menu

Destaques

quarta-feira, 14 de junho de 2017

2 Resenha [livro] - Entre a Fronteira e o Vale, de Ane Tegal

Olá para os corações apaixonados, e aos que vão se apaixonar!!!!

Olha eu de novo!!! Vocês já estão sabendo do nosso especial “Junho apaixonante” né? Ai ai... eu já disse pra vocês que romance é meu gênero favorito, então estou me deliciando com esse mês meloso e clichê.



Confiram todas as postagens do mês AQUI!

Hoje vamos de mais um livro do projeto #LucyIndica, se você ainda não conhece esse projeto, clique aqui e vai ficar por dentro de tudo, e ainda vai ler a primeira resenha desse projeto.

Escolhi um romance de época, da minha amiga Ane Tegal. Foi engraçado como nos conhecemos, ela me chamou no Messenger para perguntar se eu gostava de publicar no Wattpad, expliquei tudo para ela, como funcionava... ela escrevia e tinha medo de publicar, eu a encorajei e agora estou aqui, fazendo a resenha do primeiro livro dela. Sempre damos risada por nossas vidas se parecerem tanto, mas isso é assunto para outro dia e não em um post sobre livros rsrsr.

Então, vamos lá!!!

*Obra publicada no Wattpad*

ENTRE A FRONTEIRA E O VALE
Autora: Ane Tegal
Publicação: Wattpad
Capítulos: 28
Gênero: Romance de época

SINOPSE

Mariana é uma moça encantadora e cheia de vida, que ao contrário das moças da época, não pensa em se casar, declinara a diversos pedidos de casamento. Tem uma relação turbulenta com a mãe, o "furacão" Angélica, porém é extremamente apegada ao pai, o pacífico, Antony.
Quando Mariana toma conhecimento das dificuldades que o pai enfrenta, prontifica-se a ajudá-lo, sem medir esforços.
É nesse cenário que surge o General Irwing, um homem misterioso, que possui uma péssima reputação, o que faz dele um dos homens mais temidos do reino.  Ele então faz uma proposta que pode salvar a família de Mariana da ruína, contudo, em troca ele deseja o seu coração.
Será Mariana capaz de amar um homem que surge em sua vida ameaçando lhe tomar sua preciosa liberdade, aproveitando-se de um momento de tamanha fragilidade? Um homem que lhe desperta seus instintos mais selvagens, que a provoca a ponto de fazer seu sangue ferver nas veias e ela perguntar-se: "Será possível morrer de raiva?".
Mariana nem imagina quantas surpresas a vida lhe reserva a partir do momento em que o General Clive Irwing cruza seu caminho. Uma coisa é certa, sua rotina nunca mais será a mesma, não haverá um só dia de monotonia.

O LIVRO NO WATTPAD: Entre a Fronteira e o Vale





No livro somos apresentados à Mariana, uma moça que não quer saber de casar nem por decreto. Ela está à frente do seu tempo, tem pensamentos “moderninhos” para a época em que vive, já que a história se passa no século XIX.

Mari vive com o pais e a irmã Katie, seu irmão e melhor amigo, Michael, se casou e mora em outra cidade. E temos Marta, a mulher que foi babá, continua sendo a fiel escudeira de Mari e a trata como filha.

Dona Angélica, a mãe da Mari, é uma mulher peculiar (estou procurando não ofender aahaha, já que ela é pior que jararaca), que só procura o “melhor” para as filhas, ou seja, um casamento que renda um bom dote para a família.

Antony, o pai de Mari, está passando por sérias crises financeiras. E é nesse momento que surge o General Clive Irwing me abana ahahaha, disposto a ajudar a família em troca do coração da bela moça, o coitado só não sabia que ia passar um cortado para conseguir tal façanha.

Clive tem uma reputação horrível, espalharam uma mentira pelo reino e ele não desfez o mal-entendido.  No entanto, essa mentira o beneficiava, já que deixava longe dele pessoas desagradáveis. Ele faz questão de importunar Mari sempre que estão juntos, e isso rende muitas brigas, já que amava provoca-la.

“... se Mariana soubesse o quanto o agradava quando o afrontava, jamais o insultaria, mas como não sabia, continuava alimentando o fogo que ardia no peito dele, um desejo quase incontrolável de calar sua linda boca com um beijo e fazê-la engolir o próprio veneno que vertia em forma de palavras.”

Do nada, surge Yuro Novac, um soldado que Mari desenvolve uma profunda amizade e algo mais. Clive tem que correr contra o tempo, na busca de arrematar a bela donzela.

Acontecem várias confusões, algumas eu queria esganar a Mari ufaaa desabafei, outras eu tinha dó por ela ser tão pavio curto. E tudo fica pior com a chegada de Ian me abana de novo ahaha, filho do General, que é a cópia do pai e eu não vou falar mais nada, senão eu dou spoiler ahahaha.

A história tem diversas reviravoltas, vários outros personagens vão sendo agregados, por isso não tenho como descrever todos eles. Mas é um romance né gente, e romance sempre tem final feliz.

Mariana, Mariana... que gênio essa menina tem, meu Deus, Clive foi um santo por aguentar ahahaha.

CONCLUSÕES FINAIS:

Não é um livro curto, apesar de só ter 28 capítulos, eles são longos.

A escrita da Ane é ótima, ela preza pelo bom português. Só acho que faltou pesquisar um pouco mais sobre alguns dialetos que se usavam no século XIX, principalmente durante algumas falas dos personagens, mas não é nada que atrapalhe a leitura e o entendimento, é que daria mais ainda aquele “ar de romance de época”.

As cenas mais calientes são ótimas, sem parecer vulgar.

Se você gosta de romance, e ainda mais romance de época, eu indico essa leitura.


Nota 1 a 5: 5


Sobre a autora: Uma característica da minha escrita é que ela é marcada pelas mulheres. Mulheres fortes e determinadas, mulheres que não são conduzidas, elas conduzem.
Ao longo da minha vida, conheci mulheres assim, fortes, guerreiras que não se deixam abater pelas dificuldades. Foram muitas, algumas amigas, colegas, outras nem tanto, mas nem por isso deixei de admirá-las.
Essas mulheres me inspiraram e me inspiram. A primeira dessa longa lista é minha mãe, a mulher mais forte que eu conheço, ela é uma rocha.
Eu sou Ane, sou casada, tenho 2 preciosos filhos (leitores). Nasci em uma pequena cidade chamada Fronteira do Vales - MG, mas moro em São Paulo desde criança.
Sou apaixonada pela palavra escrita... e sim, me considero uma dessas mulheres.


Lucy Santos
Adoro viver em Sampa, graduanda em Letras, escritora pelo Wattpad e LuvBook, casada com o amor da minha vida, mãe de três filhos e uma cachorrinha. Amo a vida, tocar piano. Meu vício são os livros, sou simplesmente apaixonada pelo mundo da leitura. Sou teimosa, ciumenta, e mais um monte de coisinhas. 
         INSTAGRAM WATTPAD | G+| SKOOB | LUVBOOK

2 comentários:

  1. Amei a resenha!!!
    Parabéns Lucy,me deu até vontade de ler o livro novamente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oieee... eu amei o livro e estou me divertindo com Ian e Katie ahaha.
      Beijokas

      Excluir

Seja legal: aumente nosso ego deixando seu comentário!
Mas, ei! Cuidado aí! Sem comentários ofensivos!
Um imenso obrigado de todos nós!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...