menu

Sorteios

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

10 [Traça Literária] Resenha [livro] - Contra Todas as Probabilidades, de Renata R. Corrêa!!!

Olá amores ❤

Hoje temos Resenha Nacional de Contra Todas as Probabilidades, da autora Renata R. Corrêa
!!!

Eu sou a Ingrid, autora e nova Colaboradora, autointitulada "traça".


Contra Todas as Probabilidades
Quando existe amor nenhuma história é impossível

Ano: 2016 / Páginas: 206
Idioma: português
Editora: Amazon



Sinopse

A vida profissional de Ana, uma jovem e solitária decoradora de interiores, órfã de pai e mãe, estava ótima, já sua vida pessoal andava de mal a pior. Até que um certo dia, após ouvir uma bela canção de amor no rádio, começou a se sentir diferente, quando teve um pressentimento de que sua vida estava prestes a mudar, como se aquela melodia, cantada por uma incrível voz rouca, tivesse tocado seu coração. Ela se apaixona então, platonicamente, pelo músico Marcus, o vocalista da banda que tocava na rádio, e acaba o conhecendo de uma forma inusitada. Depois desse encontro, sua vida nunca mais será a mesma.
Contra todas as probabilidades faz referência à improbabilidade da história de amor entre Ana e Marcus, por viverem em realidades diferentes, cidades diferentes, estarem envolvidos em relações diferentes e, mesmo assim, unirem seus corações. É uma história bonita de amor, de dor, de sofrimento, mas principalmente de aprendizado e de recomeços. O livro inspira esperança porque permite ao leitor acreditar que tudo pode melhorar desde que não se desista, mesmo contra todas as probabilidades.




Renata R. Corrêa


Biografia

Renata dos Reis Corrêa nasceu em 04/03/1981, mora em Uberlândia-MG com o marido e seus dois filhos gêmeos (um casalzinho). É médica oftalmologista por formação e uma apaixonada pela escrita, pelas histórias de amor e principalmente pelos finais felizes. Uma romântica incorrigível! Escreve em seu blog renatacorreaescritora.blogspot.com.br e já escreveu quatro romances (ainda inéditos), sendo que “Contra todas as probabilidades” é seu romance de estreia. Seu segundo romance “As coisas não são bem assim” sairá pela Editora Pandorga no final do primeiro semestre de 2017.



[Traça Literária]

Resenha

Ana Dulmon tem vinte e sete anos de idade, é filha única e órfã de pai e mãe, pois eles faleceram em um triste acidente de carro quando ela ainda era uma criança, então, acabou crescendo aos cuidados dos avós maternos. No último ano da faculdade de decoração de interiores a avó de Ana adoeceu e acabou falecendo em decorrência de problemas cardíacos, infelizmente um ano depois seu avô faleceu devido a um infarto fulminante. Sendo a única família que restou para ela, as suas amigas, Amanda e Carol.

Com o dinheiro da herança dos avós Ana comprou uma casa antiga para reformar, numa região mais central da cidade, tornando-se seu lugar favorito no mundo. Depois de formada, ela conseguiu um emprego em uma firma de arquitetura e decoração famosa na cidade e com o dinheiro que sobrou da herança dos avós, entrou como sócia, tornando-se uma profissional muito requisitada.

“Liguei o rádio e uma voz rouca cantava uma melodia de amor. Gostei do som que ouvia. Aumentei o volume e continuei ouvindo..”


Ana acreditava que havia se transformado em uma figura patética, porém, desde que ouviu certa música tocar no rádio, ela começou a se sentir diferente, como se a sua vida estivesse prestes a mudar e que sua solidão logo teria um fim. Enquanto assistia TV, ela ouviu a mesma música e descobriu pertencer a uma nova banda de rock, sensação do momento, que chamava-se “330 Hertz” percebendo que realmente gostava daquele som.

No dia seguinte durante uma ida ao shopping, Ana encontrou na sessão de música de uma livraria um DVD da banda “330 Hertz” e o comprou animada. Chegando em casa, colocou o DVD novo para tocar, reparando pela primeira vez como o vocalista, Marcus, era perturbadoramente lindo.

“Aquele home rouco cantando com os olhos fechados estava me matando.”


Tudo o que Ana mais desejava era encontrar alguém que mudasse o rumo da sua história, um amor que a completasse e trouxesse alegria para os seus dias. Haveria um show da banda na cidade em três semanas e junto com suas amigas Ana comprou seu ingresso para assistir ao show na área vip em frente ao palco, sentindo-se como uma adolescente empolgada.

“Aquele cara está me desestabilizando... — pensei, após acordar mais uma vez agitada, sentindo o fogo do desejo me consumir.”


Ana passou os dias anteriores ao show ouvindo somente as músicas da banda “330 Hertz” e volta e meia pesquisando sobre eles no Google. Marcus continuava exercendo sobre ela uma onda de sensações. Ele tem vinte e cinco anos de idade e seu namoro com Fabiana acabou sendo tão abalado pela rotina caótica dos shows, fazendo com que se afastassem cada vez mais, que os dois terminaram e atualmente Marcus estava solteiro. No entanto, a probabilidade de acontecer algo entre Marcus e Ana talvez ainda fosse mais remota do que a de alguém ganhar na loteria, mas ela não continuaria sonhando.  

            “Sentia o roçar de seu rosto em mim com a barba por fazer e depois me beijar demoradamente. Suas mãos passeavam em mim. Tirei sua camiseta, deixando-a cair e me apertei contra o corpo dele. O despertador tocou e acordei assustada, ofegante e toda encharcada de suor, mais uma vez, pelo sonho agitado com Marcus.”


A banda já estava na cidade, hospedada no Hotel Celebration Inn, logo, a ideia de encontrar Marcus passou rapidamente pela cabeça de Ana. Neste caso, usando de sua reputação como decoradora de interiores, ela passou pela recepção fingindo estar fazendo uma pesquisa de campo para um projeto e acabou encontrando ele.

“Eu o desejava. Não como uma fã, mas como uma mulher deseja um homem. Como uma adolescente se apaixona platonicamente por um cara bonito. Mesmo que a minha adolescência já tenha passado há tempos.”


No show, quando de repente tudo se acalmou e o som de um piano começou a tocar as primeiras notas de “Diga que sim”, a música favorito de Ana, os olhos de Marcus encontraram os dela e ele estendeu a mão chamando-a para o palco. Desde que Marcus cruzou o destino de Ana a vida dela já não foi mais a mesma. 



Um romance com toque de drama, inspirador, que faz com que o leitor acredite na possibilidade de que desejos feitos com o coração se realizem. Narrado em primeira pessoa intercala entre os pontos de vista dos protagonistas, Ana e Marcus, permitindo ao leitor maior conhecimento sobre eles.

A escrita da autora é simples e leve. Os personagens são carismáticos.

A capa é bonita, mas as letras poderiam ser mais legíveis. A diagramação é simples. Contém alguns errinhos de revisão, incluindo repetição de palavras, mas nada que prejudique a leitura.

Dou quatro estrelas e recomendo para quem, assim como eu, aprecia um bom clichê romântico!!!



Ingrid M. S. Nascida em 03 de outubro de 1993, é formada em Design de Moda, mora com o marido em uma cidade pequena e muito pacata no interior de Santa Catarina. Ama escrever desde criança, mas somente em 2014, resolveu publicar algo através do Wattpad.


É sonhadora, criativa, detalhista e muito teimosa, uma viciada em livros e chocolate, simplesmente apaixonada por dias frios e chuvosos. Gosta muito de 
desenhar, assistir comédias românticas e seriados. 

CONTATO: FACEBOOK -  GRUPO NO FACEBOOK - SKOOB - WATTPAD  - AMAZON

Gostou dessa postagem??? Quer mais??? Que tal deixar nos comentários suas sugestões de leitura, vou adorar...




10 comentários:

  1. Olá, tudo bem?
    Eu li esse livro e adorei, achei um clichê bem gostosinho de ler principalmente após uma ressaca daquelas.
    Adoro quando a história envolve músicos, ♥
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  2. Oi Ingrid, tudo bem? :)

    Sou parceira dessa autora incrível então sou suspeita pra falar haha'
    Mas gostei de Contra Todas as Probabilidades e estou com altas expectativas em relação ao livro que ela pretende lançar em breve, um romance que parece que vai me conquistar e muito! *-*

    Concordo com tudo o que disse; também acho que o livro da Renata é inspirador a ponto de realmente nos fazer acreditar que as coisas são possíveis não importa se "os números" digam o contrário =P

    Beijos! ;*

    ResponderExcluir
  3. Oie amore,
    De cara já me apaixonei por essa capa, que lindeza ^.^.
    Não conhecia a autora e nem o livro até então, mas já quero ler, só pelo que li por aqui.
    Adorei os quotes selecionados – OMG quero, quero, querooo...
    Beijokas!

    ResponderExcluir
  4. Eu já tinha lido resenha sobre esse livro e adorei, até tenho o ebook, tá só esperando eu ter um tempinho pra ler. Que bom que gostou! Adoro quando o autor coloca música envolvida na história, e a Renata parece escrever tão bem... <3 Já quero.

    ResponderExcluir
  5. Não curti muito a premissa dela se apaixonar pelo astro, e não sei, acho que é clichê demais para mim isso dela acabar sendo chamada ao palco... Rs... Não acho que conseguiria me entregar à história da forma necessária pra ela conseguir ter esse efeito sobre de mim de fazer acreditar na possibilidade de desejos feitos com o coração se realizarem.

    ResponderExcluir
  6. Me lembrou um filme que a Selena Gomez fez. Sim, É clichê! Mas histórias de amor geralmente são clichês, o que diferencia é a forma como são contadas. A criatividade do autor na hora de contar essas história é muito importante. Eu amo romances e esse me pareceu ser muito bem escrito. Eu gosto de histórias improváveis e amores platônicos. Amei sua resenha, Nuccia!

    ResponderExcluir
  7. Oi Ingrid, sua linda, tudo bem?
    Isso não se faz, quer acabar comigo colocando a foto do Adam??? Só suspiros aqui, risos...OMG!!! Já pensou, ele estender a mão para mim, e me chamar para subir ao palco??? Acho que eu desmaiava de tanta vergonha, risos.. Me apaixonei por essa história!!! Não conhecia, mas agora estou louca para ler. Sua resenha ficou ótima!!!
    beijinhos.
    cila.

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    Adoro essa sua coluna!
    Ainda não conhecia esse livro, mas achei bem interessante a premissa dele, pois gosto muito de um romance dramático e inspirador. Outro ponto muito bacana é que os personagens sejam carismáticos.
    É uma leitura que parece valer muito a pena e, claro, vou me valer da dica.
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Oi...adorei o enredo, parece ser um livro muito fofo. Vou anotar a dica para conferir tbm.

    Abraços

    ResponderExcluir
  10. Oi Traça!
    Achei a capa linda e o contexto bem diferenciado, ou eu ainda não li nada assim kkkkkkk, gostei da premissa quem sabe não consigo ler ele depois da pilha gigante que tenho aqui kkkk

    Beijokas

    ResponderExcluir

Seja legal: aumente nosso ego deixando seu comentário!
Mas, ei! Cuidado aí! Sem comentários ofensivos!
Um imenso obrigado de todos nós!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...