menu

Destaques

sexta-feira, 7 de outubro de 2016

6 [Especial Outubro Sangrento] Resenha [conto] - Karmilla's Pub, de Orfeu Brocco

Olá, pessoas!

Vamos continuar com nosso Especial Outubro Sangrento?

Então vem comigo saber como foi a minha primeira leitura da ML de Halloween.

E a resenha não poderia ser outra que não de autor parceiro e também colaborador, o amigo Orfeu BroccoHora da primeira resenha do Especial: o conto Karmilla's Pub!


Karmilla's Pub
Autor: Orfeu Brocco
Editora: Independente
Gênero: terror / pulp fiction
Formato: conto / livro de bolso
Ano: 2016

Sinopse:
Em meio ao submundo das grandes cidades, os seres humanos caminham, vivem e morrem com a certeza de serem o topo da cadeia alimentar. Da maneira mais brutal e perigosa, Derick, um jovem à procura de diversão, irá descobrir o engano que há por trás dessa certeza. Em meio ao caos das grandes cidades, das diferenças e dos prazeres, caminham entre nós perigosas criaturas, à espera de um descuido humano para saciar sua fome e sua sede por violência. Você está pronto para O Sacrifício?



Karmilla's Pub é o primeiro lançamento side history (uma história à parte que está intrinsecamente relacionada ao universo do livro original) do universo do livro Criações Sombrias, o primeiro livro publicado pelo autor em 2014, cuja resenha completa você encontra AQUI!

Neste conto vamos conhecer Derick, um rapaz a fim de curtir a noite de São Paulo. E quando eu digo curtir, quero dizer curtir com vontade: dança, música, bebida e uns pegas. Ok, muitos pegas...


No primeiro bar que para a fim de tomar um drinque já conhece José, um angolano boa pinta e cheio de ginga que fornece ao nosso amigo um presente lindo e misterioso. Saindo do bar, Derick encontra um amigo pergunta sobre festas "quentes" e este lhe indica um trio de moças que está a caminho de uma "balada nova e esquisita". Derick não perde tempo e se enfia na van, no meio de duas das pessoinhas, e segue apreciando a vista do decote.

"O homem tinha um olhar misterioso, mas, ao mesmo tempo, o movimento de suas sobrancelhas, como se fosse um Bela Lugosi afro, trazia a ele um grande ar de camaradagem."

A terceira, chamada Natasha, era a motorista e dona do pub onde rolava a festa "Sacrifício". O pub estava localizado dentro de uma velha igreja, com vários corredores em seu subsolo e muitas salinhas no mezanino. Lá dentro era possível encontrar de tudo: bar, pista de dança, salas para prática Sado-Masoquista, performances ao vivo, sexo sem pudor.

Daí pra frente, não posso adiantar muito, pois vou acabar passando spoiler sem querer. Posso dizer que Derick conhece melhor Natasha e que a Igreja e seus frequentadores são muito mais do que aparentam ser.

"- Eu sou Natasha, promotora do Karmilla's Pub.
- O que é preciso para ir até lá? Quanto é a entrada?
- A entrada é livre. Para ir, é preciso ser escolhido."

Não conhecemos o íntimo de cada personagem, o que é comum em contos, mas conhecemos um pouco de sua personalidade e características, então dá pra formar bem uma ideia dos coleguinhas: o jeito de falar de cada personagem está estampado nos diálogos, entre outras. O que temos é um rapaz que curte a noite e se diverte muito bem, obrigada. 

Já os personagens que remetem ao gênero do conto, o tal terror, foram bem criados. São criaturas diferentes do que estamos acostumados e reagem de forma diferente ao senso comum que temos delas também.

Com um final que eu não esperava e criaturas praticamente novas pra mim, gostei muito da leitura e mais do que indico a quem curte o gênero, bem como leituras rapidinhas e intrigantes.



Karmilla's Pub foi lançado no formato livrista (livro em formato revista, mais fácil de manusear, quase um livro de bolso) e faz parte do ressurgimento da Literatura Pulp.

Tem cerca de 60 páginas, as margens não estão justificadas e tem pequenos problemas de formatação (que foram os culpados por apenas 4 bruxinhas e que já foram passados ao autor), mas a gramática está ótima. Páginas brancas, porém fontes em bom tamanho, não tive nenhum problema para ler.

Aliás... quem acompanha o blog no Instagram sabe que minha mãe roubou minha livrista de mim e leu também. Segundo ela: "eu gostei, é uma leitura rápida, mas muito bacana. Os vampiros são diferentes e o final foi surpreendente! Mas avisa pra ele que tem de corrigir umas coisas..." Então, Orfeu, sinta-se avisado!

Se você se interessou, pode comprar direto com o autor através do e-mail abaixo ou da fanpage do livro:

broccoluiz@bol.com.br


Sobre o LIVRO original:

Criações Sombrias
Gênero: Terror / Sobrenatural
Ano: 2014
Editora: Black Bird Brasil
(Independente)

Sinopse:
Um escritor viciado e decadente, um padre duvidoso de sua fé e um extravagante ocultista são unidos numa trama de tirar o fôlego, em meio a manifestações demoníacas, profanações, viagens astrais e criaturas horrendas, eles tentarão sobreviver a ameaça de algo que surgiu numa antiga casa, um mal devastador que deseja tomar a vida de toda uma cidade.

>> RESENHA <<


Sobre o AUTOR: 

Orfeu Brocco nasceu em Uberlândia - MG em 1988, casado, atualmente vive em São Paulo. Como autor, suas obras lançadas até o momento são; "Criações Sombrias" (2014) e "Jardins Dolorosos da Babilônia (ou versos ácidos para meu amor, se você preferir)" também lançada em 2014, além do livro infantil "Hélio e o Menino Gota" lançado em 2015 pela Editora Miranda. Participou em duas antologias: "Noite arrepiante" da Editora Literata (organizada pelo escritor Sr. Arcano) e "Relicário de poesia maldita 33 - RPM" (organizada por Luiz Carlos Cichetto).

>> ENTREVISTA <<


Contato:


Preparem-se para mais postagens aterrorizantes! Além das resenhas dos livros incluídos na ML, teremos ainda o Massacre Nacional (apresentação e entrevistas de autores) e várias dicas de livros, seriados e filmes no nosso Especial.

Quer ver quais os outros contos já resenhados no blog? Invade a Contoteca!

Ajudem a divulgar a literatura nacional e deem uma força aos autores independentes: compartilhem!

Boa leitura!

Até + ver!





*SORTEIO ATIVO*
(clique na imagem para ser direcionado)

6 comentários:

  1. Olá!
    Não conhecia o livro e gostei bastante, achei muito interessante.É uma leitura rapida mesma por ser só 60 páginas :) .Mas, o melhor de tudo é que apesar dos problemas com a formatação isso não tirou o "brilho" do livrista. E que legal que sua mãe lê seus livros :)...Parabéns gostei do post.
    Beijos
    https://pequenosinfinitosz.blogspot.com.br/#uds-search-results

    ResponderExcluir
  2. OOi Nu!
    Confesso que o livro não chamou minha atenção. Contudo, sua resenha está ótima e fico feliz que tanto você quanto sua mãe gostaram da leitura. :)

    Beijoos!

    ResponderExcluir
  3. Oi Nuccia,

    Gostei do conto, pequeno mas com alguma complexidade, simples e direto. Dá até calafrio de imaginar o que vai acontecer com o Derick em sua noitada. hahaha

    Abraços

    ResponderExcluir
  4. Oi Nu, sua linda, tudo bem?
    Eu não sei se já falei, mas adoro seu chapéu de bruxa e a imagem das bruxinhas, fora que roxo é a minha cor preferida, risos... Eu adoro vampiros, mas essa parte de sexo sem pudor, prática Sado-Masoquista, me deixa muito desconfortável, sou muito romãntica, não me sinto à vontade lendo sobre esse tema. Mas pela resenha e pela opinião da sua mãe, parece ser uma boa história, os fãs do autor e do livro original com certeza irão gostar. Sua resenha ficou ótima!!!
    beijinhos.
    cila.

    ResponderExcluir
  5. Olá, que dica ótima querida! Eu adoro o gênero, então pode apostar que estou amando esse mês temático ;)

    Não conhecia a obra e já fiquei curiosa pra ler também.

    aBRAÇOS

    ResponderExcluir
  6. Oi Nuccia!
    Não conhecia o termo livrista e fiquei muito curiosa para ler e ver de perto essa novidade. Também me interessou muito saber que os vampiros saem do "mais do mesmo" de sempre e que o final é surpreendente, com certeza quero ler essa livrista!
    Bjs!

    ResponderExcluir

Seja legal: aumente nosso ego deixando seu comentário!
Mas, ei! Cuidado aí! Sem comentários ofensivos!
Um imenso obrigado de todos nós!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...