menu

Destaques

sexta-feira, 27 de maio de 2016

20 Resenha [seriado] - Shadowhunters

Olá, leitores!

Eu poderia estar escrevendo ou lendo, mas estive ocupadíssima assistindo episódios de uma das séries que estrearam este ano só pra trazer a resenha pra vocês!

Acho eu que é a primeira vez que eu consigo fechar uma resenha na mesma época (leia-se, mesmo ano) em que a temporada termina... rsrs...

Mas chega de lero-lero, vamos logo ao que interessa! A resenha de hoje vai para o seriado Shadowhunters, adaptação da coleção Instrumentos Mortais, 6 livros (resenhados AQUI), fora os spin-offs, todos escritos unicamente pela mente brilhante de Cassandra Clare.

SHADOWHUNTERS
Shadowhunters, 2016
Fantasia, Ação, Aventura

Sinopse:
Clary Fray acaba de se matricular na Academia de Arte do Brooklyn. Em seu aniversário de 18 anos, ela descobre que é uma Caçadora das Sombras, um ser humano meio anjo que tem como tarefa proteger os humanos de demônios. Naquela noite, a mãe de Clary é raptada por Valentine que criou seu próprio "Círculo". Com sua mãe ausente, Clary se volta para Luke, amigo da família e a única pessoa na qual ela confiava, mas acaba sendo traída. Clary se junta com um bando de Caçadores das Sombras para salvar sua mãe e descobre poderes que ela nunca soube que possuía. Clary é lançada no mundo de caça aos demônios junto de seu melhor amigo, Simon Lewis, e do misterioso Jace, acompanhado por seus irmãos adotivos, Isabelle e Alexander Lightwood. Agora vivendo entre fadas, feiticeiros, vampiros e lobisomens, Clary começa uma jornada de autodescoberta, enquanto aprende mais sobre seu passado e percebe como poderá ser seu futuro.


Tenho quase certeza que 2/3 do planeta já conhecem a saga Instrumentos Mortais e a história de Clary, Jace e família. Mas custa nada dar uma geral aqui, além de expor os prós e contras de mais esta adaptação.



No seu aniversário de 18 anos, Clary e seu amigo Simon resolvem comemorar em uma boate chamada Pandemonium. Os problemas começam quando Clary vê um trio de jovens perseguir um outro rapaz até uma sala separada. Tentando evitar um assassinato, já que o loiro do trio está portando uma espada luminosa esquisita, ela interfere e acaba ela mesma acertando o cara, que se desfaz no ar. Obviamente, Clary não entende lhufas.

Ela descobre que é a única que consegue ver os outros, Jace, Alec e Isabelle, jovens Caçadores das Sombras, descobre o rapaz que matou era um demônio e que ela também é uma Caçadora das Sombras. 

Aí sua mãe Jocelyn é sequestrada e outras tantas revelações vão surgindo a cada episódio na busca por salvar Jocelyn das garras de Valentim, um caçador das antigas, revoltado, que era dado como morto, mas na verdade descobre-se que está muito vivo e é o pai de Clary. Ajudados pelo policial e amigo Luke Garroway e pelo feiticeiro Magnus Bane, o quinteto enfrentará vampiros, lobisomens, demônios e outros Caçadores.


Bom... Contar mais é entregar spoilers de bandeja. Então, vou deixar a história em si parar por aqui. E vamos falar da série como um programa de entretenimento.

Shadowhunters foi desenvolvida para a televisão por Ed Decter. Criada em 2015, estreou em janeiro de 2016 nos EUA. Suas filmagens foram feitas em ao ar livre em Toronto, Canadá, com exceção das filmagens do 89º Departamento de Policia de Nova Iorque, que foram feitas dentro da Ala de Ciência da Universidade de Toronto Scarborough.

Eu achei que o elenco foi muito bem escolhido, que muitos atores combinam divinamente com os personagens. Os diálogos são fantásticos, têm um tom de comédia, são inteligentes e fazem o seriado fluir. Na parte midiática, não tem muito do que reclamar: os efeitos são razoáveis, tendendo para muito bons, o figurino está impecável, o cenário maravilhoso. 

But... Há falhas, como não haveria? Este seriado é a segunda adaptação da série literária. A primeira foi o filme lançado em 2013, Os Instrumentos Mortais: Cidade dos Ossos. Filme este que não teve continuação, pois não alcançou o sucesso esperado.


A atuação pode melhorar um pouco; eles ainda parecem meio forçados, com algumas expressões vazias e ações desconexas. Em especial, os atores veteranos. É de se espantar que não tenham entrado no clima.

Muitos fãs reclamaram que Kat McNamara, a atriz escolhida para interpretar Clary, estava com um ruivo muito claro. Eu já nem me incomodei com isso, pois levando em consideração os ruivos naturais, como a personagem do livro é, ela estaria até condizente. O que pegou pra mim foi a atriz que faz a mãe da Clary (Maxim Roy) não ter o mesmo tom de ruivo. Tipo, como assim?

Além disso, como toda e qualquer adaptação, o roteiro não vai sair exatamente como no livro. Ok, entendo isso, mas precisava mesmo mudar tanto a ordem de acontecimentos? Eu achei que os roteiristas se adiantaram demais! Muitas cenas do seriado nesta primeira temporada são do livro 3 e 4! Puxa!...


E alguns detalhes importantes foram simplesmente suprimidos, como o nome das lâminas e das runas, o temperamento sarcástico de Jace (ele é sério demais no seriado), a base sentimental dos relacionamentos e tal.

Atualmente, a série passa exclusivamente na Netflix, que comprou os direitos de exibição mundial em dezembro de 2015 e já está renovada para uma segunda temporada, cuja estréia está programada para janeiro de 2017 e que contará com 20 episódios.

Na crítica especializada, Shadowhunters está meio lá-meio cá: o Metacritic deu 45 de 100; o Rotten Tomatoes deu 42%, com uma classificação média de 5,6 de 10. Segundo a declaração oficial: "Shadowhunters junta emoções visuais e uma premissa com um potencial rico, mas o show não é o suficiente para disparar uma auto-histeria marcante, e possui enredos complicados."(FONTE)


Mas isso quer dizer que o seriado é ruim? De jeito nenhum! É um ótimo seriado para um que foi produzido com orçamento baixo. Mesmo com tudo isso acima descrito, a produção e os atores se esforçaram para fazer um bom trabalho, de forma que a segunda temporada tende a mostrar uma evolução magnífica.



Acho que se eles diminuírem o ritmo dos acontecimentos, sem atropelar tanto as informações e trabalharem melhor os relacionamentos, a adaptação melhorará em 200%! 



Vou continuar assistindo? Mas é claro!!


Por fim, eu indico a série a quem já conhece a saga e curte seriados de fantasia. Se você não conhece Instrumentos Mortais e quer conhecer, comece pelos LIVROS!


Trailer Oficial:


ELENCO PRINCIPAL

- Clary - Katherine McNamara, de The Maze Runner

- Simon - Alberto Rosendeestreante

- Jace - Dominic Sherwood, de Vampire Academy

- Alec - Matthew Daddario, de Cabin Fever

- Isabelle - Emeraude Toubia, de Tattooed Love

- Jocelyn - Maxim Roy, de 19-2

- Valentim - Alan van Sprang, de The Tudors

Luke Garroway - Isaiah Mustafa, de Nikita

Magnus Bane - Harry Shum Jr, de Glee



Espero não ter estragado o ânimo de ninguém! Juro que é uma boa série! 


E vocês? Assistiram? Gostaram? Pretendem ver? Comentem aí!


Lembrem que as próximas temporadas também sairão aqui, em uma atualização.


Boa diversão!

Até + ver!



20 comentários:

  1. Oi, Nuccia!
    Em primeiro lugar, eu não tinha conhecimento nem da série, nem do livro.
    Lendo seu post, cheguei a conclusão de que eu assistiria a série, mas não leria os livros. Não sei dizer o motivo.
    Acredito que a questão da classificação é muito pessoa, algumas vezes a gente gosta de coisas que a maioria das pessoas não gostam.
    Vou procurar!
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quem é muito fã da saga, vai correndo ver pra poder comparar (o que foi o meu caso). Quem não conhece, eu indico os livros pq são mais detalhados e tem uma cronologia melhor. Mas, bem, a série é bacana! Vc quer ver, vai com tudo!

      Excluir
  2. Eu já vi essa série na Netflix mas nunca tive a curiosidade de assistir, até porque não conhecia os livros, mas agora que você escreveu essa resenha falando tão bem acho que vou dar uma chande a ela - parece ser um bom entretenimento.

    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então, Alê, se você gostou da premissa, dá p ver sim! Eu assisti tudo em um fds (obviamente, larguei todo o resto de mão... rs)

      Excluir
  3. Acho que o povo reclama demais... hehe... também acho que o ruivo ficou bom assim, mais forte que isso realmente não seria nada condizente com um ruivo natural. Agora, essa questão da mãe ter outro tom de ruivo já é outra história... Foi bom você me avisar que tem cenas até do quarto livro porque assim não vou assistir por enquanto, não quero pegar spoilers e ainda estou no terceiro.

    Beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, não!!! Se você está lendo a sega, termine antes de assistir!!! Vai por mim! Aproveite bem a leitura!

      Excluir
  4. Oi Nu, tudo bem??
    Eu sou suspeita em falar da série (livros) porque amo de paixão.... quando saiu o filme não achei de todo ruim, mas a minha decepção maior foi Valentim, não pela escolha do ator, mas a vestimenta, pois ele se veste bem e de maneira impecável. Entendo que adaptação não é o mesmo que o livro, mas transformar assim decepciona qualquer um rs. Já a série, eu curti demais... alguns atores ainda estão crus e precisa de conexão com os personagens, mas nada que não poderá ser melhorado com o tempo, afinal teremos a segunda temporada... eu assisti a serie inteira duas vezes e gostei... com o pouco orçamento que tiveram, percebi um bom trabalho... a equipe parece bem unida e assim o trabalho ficar melhor de ser feito... quanto algumas pessoas que falaram mal, apenas ignoro... tem gente que não é feliz e arranja critica e mais critica em vez de aproveitar o momento... então agora é esperar ansiosamente pela próxima temporada.. Xero!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então, Di, foram estes pontos mesmo... A série é boa, apesar dessa pressa dos roteiristas. Mesmo com orçamento baixo o cenário está ótimo, os efeitos não são xulos. O pessoal vai se entrosando com o tempo... Talvez eles precisem conhecer os livros... Mas tenho muita fé que a segunda temporada será ótima tb! Veremos!

      Excluir
  5. Oi Nuccia, tudo bem?

    Eu gostava dos primeiros livros, mas achei que a Clary começa a ficar insegura demais pro meu gosto "será que o Jace me ama?", "o que eu faria sem ele?" e eu abandonei.. assisti o filme, mas achei a produção bem fraca, mas estou pensando em começar a série, estou precisando mesmo de uma série nova =D

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Alexis... sim, tem razão, tem umas horas na leitura que você começa a se irritar com Clary, mas posteriormente, os livros tb dão ênfase a outros personagens e Clary sai do foco muitas vezes. Você vai acabar gostando da série, mas digo que a personalidade da protagonista é a mesma... beijo!

      Excluir
  6. Oi, Nu!

    Eu nunca li os livros que deram inspiração a série, também não sei se leria. No entanto, a série me despertou interesse viu?! E como não me render aos seus comentários? E agora, leio ou passo direto para a série? Dúvida cruel! hahahahah

    Beijos! *___*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahahaha.... Eu recomendo a leitura antes até pq é mais rica em detalhes e mantém a cronologia. A série se apressou um tantinho, mas nada impede que você assista, já que está mais fácil de conseguir do que os livros... rs Beijo!

      Excluir
  7. Oi, Nu
    Não conhecia a série e nem os livros. O tema não desperta muito a minha atenção, porém fiquei interessada pela série, mesmo você dizendo para começar pelos livros rsrs. Meu marido ama assistir séries, vou indicar para ele e assistir também.
    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Assim, é bem fantasia mesmo, fantasia urbana, demônios, bruxos, caçadores, mas tudo dentro do ambiente de uma cidade comum e não um reino distante. Quem curte fantasia, se amarra. Tem romance,tem drama. Mas muito mais ação e aventura. Tomara que vocês curtam! beijos!

      Excluir
  8. Oi NU!!
    Eu assisti a série e curti muito, confesso que gostei bem mais que do filme, aquele Jace era estranho, hahahahahha tenho os 5 primeiros volumes da série, mas ainda não li, acho que estou parada no tempo, as coisas novas vão chegando e as outras vão ficando para trás, mas vou ler assim que der ( leia sabe-se lá deus quando)

    Beijokas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Sabe-se lá deus quando" é meu tempo exato para terminar minhas leituras!!! kkkkkkkk...... Assim, você até pode assistir a série antes de ler, mas depois vai ficar comparando o tempo todo... rs... Divirta-se!

      Excluir
  9. Oiii! Tudo bem?

    Li a saga até o livro 5 (falta o 6 ainda - sem previsão pra ler, mas lerei).
    Quanto ao seriado de TV, tô querendo assistir, mas cadê o tempo?
    É bom saber dessas falhas, pq assim, vou diminuindo as minhas expectativas para quando eu for assistir, ainda que a série seja boa, é bom diminuir as expectativas. Fiquei feliz em saber que renovaram para a segunda temporada.
    Dei uma olhada no elenco e gostei também, muito,muito, muito melhor do que o filme "fail". rs

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. o 3x melhor que o do filme! Só espero que a interpretação dê uma melhorada na nova temporada! Já to me coçando com a espera! XD

      Excluir
  10. Olá Nuccia, adorei a postagem, preciso conferir essa série, pois sempre vejo ótimas criticas. Eu li apenas os dois primeiros livros da série e pretendo ler os restantes em breve. Não curti muito a Clary da série eu preferia a Lily, que fez o filme. O cabelo dela era um ruivo menos alaranjado (artificial).

    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. N verdade, Quel, o ruivo alaranjada é o mais próximo do natural do que este ruivo escuro, sabia? É só observar os nascidos na região norte da Irlanda... Se você está gostando dos livros, vai gostar da série também, mesmo que tenha esses poréns na adaptação. Beijo!!!

      Excluir

Seja legal: aumente nosso ego deixando seu comentário!
Mas, ei! Cuidado aí! Sem comentários ofensivos!
Um imenso obrigado de todos nós!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...