menu

Destaques

sexta-feira, 26 de junho de 2015

0 Resenha [livro] - Surpresa do Além

Pessoas queridas do meu Brasil (e do exterior também, vai que né?)!!

Enquanto aguardo ansiosamente duas respostas importantes pra mim (que, infelizmente, não posso compartilhar...), não me resta nada mais a não ser ler... Que coisa ma-ra-ve-lho-za!!!!

E, se leio, logo resenho!

A resenha de hoje é do 2º livro da Coleção Harper Connelly Mysteries, Surpresa do Além.

A sinopse divulgada foi esta aqui:

*Livro do acervo pessoal do blogueiro*

Fui atingida por um raio quando tinha quinze anos. Eu me recuperei quase totalmente. Restaram apenas estranhas cicatrizes vermelhas em forma de teia de aranha no tronco e perna direita. Ainda sinto dores de cabeça e tenho medo de muitas coisas... Posso encontrar pessoas mortas e descobrir a causa do óbito. E foi exatamente isso que interessou o professor...

Partiu resenha!

Dando uma bizoiada no livro 1, Visão do Além >> Harper e seu 'meio-irmão' (filho do padrasto) Toliver vão à cidadezinha de Sarne tentar localizar o corpo de uma garota que desapareceu no mesmo dia em que encontraram o namorado dela morto com um tiro, aparentemente um suicídio. O que ocorre, na verdade, é uma trama complicada de injustiças, infidelidade e assassinatos. Harper e Toliver ficam muito felizes ao saírem de Sarne e caírem na estrada para seu próximo trabalho.

Neste segundo volume, Harper vai até a fictícia Universidade de Bringham, atender ao chamado de um professor para analisar causas de mortes das pessoas sepultadas o cemitério do campus. Os problemas de Harper e Toliver começam quando encontram o corpo de Tabitha Morgenstern enterrado em uma das antigas covas. Tabitha era uma garota de 11 anos, do segundo casamento do pai dela, cujo corpo Harper procurou pela sua cidade quando ela desapareceu, sem nada encontrar. Quase um ano depois, o corpo de Tabitha aparece e nem Harper, nem Toliver acham que é coincidência.

A trama é muito bem desenvolvida, vemos o clima de suspense policial e drama paranormal intrincados e bem amarrados. Os personagens principais estão evoluindo tanto em questões pessoais, quanto de trabalho. É um livro gostoso e fluido para se ler.

Todos os personagens (protagonistas e secundários) têm questões profundas que a autora lança ao leitor muito aos poucos. Sentimentos, precauções, modos de agir, e em uma página, tudo muda da água para o vinho, sem perder o contexto ou destrambelhar o enredo.


Da mesma forma que o primeiro, quem peca é a Editora. A Leya/Lua de Papel sempre publicou livros muito bons e com um layout impecável, mas esta coleção, não sei porque, foi feita com uma diagramação mais ou menos. De-tes-to margens não justificadas, me parece desleixo, descaso.

A capa ainda é linda, e intrigante. Uma das capas mais bonitas que vi em coleções de mistérios. Os desenhos internos também ganham pontos.

Começarei o terceiro volume, já com saudades da série, pois o 4º livro não foi publicado no Brasil, nem se sabe se o será. Sinto que terei de conseguir em inglês mesmo, argh...

E minhas citações lindas? Óbvio que não podiam faltar:




Boa leitura!

Até + ver!






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja legal: aumente nosso ego deixando seu comentário!
Mas, ei! Cuidado aí! Sem comentários ofensivos!
Um imenso obrigado de todos nós!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...